Tuesday, February 23, 2016

A bonitinha está de bode?

Outro dia começa logo após o do dia do bode. Pode crer!
Meu senhor, se a bonitinha estivesse sempre sorrindo não seria vida, seria novela e pra bonitinha é melhor viver do que atuar.
Logo que percebe uma energia ruim por perto a  bonitinha amarra molas em  seus sapatos e ganha impulso pra sair da zona de "bodisse".
Na sua imaginação cultiva uma crença de que no dia seguinte haverá um caminho melhor e por isso mantêm seus olhos fixos nele enquanto salta confiante.
A  melhor parte do salto fica no intervalo entre um dia e outro e ela o atravessa caminhando sobre os sonhos.
Nos sonhos nada é monótono. Neles a bonitinha pode despencar no infinito ou descer num elevador sem portas, flutuar, voar, correr sem sair do lugar, nadar, conhecer novas pessoas e nos piores deles, pode lutar com dragões até acordar exausta, amedrontada e com sede. 
Ela vive afirmando que nenhuma bonitinha que se preze jamais passa o dia sorrindo feito palhaço e toma como exemplo outra bonitinha que com seu sorriso meio de bode, amontoa pessoas em frete do seu retrato preso à parede do LOUVRE.
Sim! A bonitinha está de bode mas não ficou na cama,  não se trancou no quarto e nem desligou seu telefone. Ela lava o rosto e pinta ele e vence seu bode na guerra.
A bonitinha de bode fica muito mais bonita que nos dias de sossego e é esse seu charme.