Saturday, February 06, 2016

Nossa química no cotidiano.

A água que a copeira trouxe pra você  antes da reunião, me fez lembrar da sede que sempre sentimos depois que nos reunimos à dois.
...da foto que me enviou outro dia.
O suor na taça, escorrendo, me trás à memória nossos corpos após...

O vidro, desta taça simples, lembra-me de como sou frágil e
de como me esgotas à medida que me segura e me leva à boca...
Bebe-me e logo escorro e, com a mesma facilidade líquida da água percorro o caminho da sua boca, língua, dentes e goela...
Ao contrário da água inodora e insípida nós temos cheiro e sabor de champanhe e nossas reuniões são sempre réveillon em Copacabana.
Nunca é compromisso de agenda, 
nunca é formalidade, 
nunca é trabalho!
Nunca é sem gosto ou sem-graça...
Podemos ser taças, cubos de gelo, suor, vidro ou até cristal mas nunca copeiro ou copeira, porque nós, nós somos o resultado de uma combinação, 
nós somos sempre química!




No comments: